BREAKING NEWS

domingo, 3 de outubro de 2010

Tojo - Bela Invasora


O Tojo além de muito belo é extremamente competitivo e desloca plantas nativas, geralmente criando barreiras que impedem a circulação da fauna, aumenta o risco de incêndios devido elevada quantidade de óleo e seqüestra nutrientes e água do solo. Podem produzir grandes quantidades de serrapilheira ácida que inibe a germinação e o crescimento de plantas nativas. Tojo é uma planta fixadora de nitrogênio atmosférico, criando condições no solo para outras plantas não nativas se instalarem. O banco de sementes desta espécie pode ficar cerca de 30 anos no solo, por isso é considerada uma espécie invasora.
Nome Científico: Ulex europaeus
Nomes Populares: gorse, tojo
O tojo trata-se de um arbusto de 1 a 3 metros de altura, com ramos espessos, ereto e todo recoberto de espinhos. Se destaca por suas grandes e belas flores amarelas presentes na maior parte do ano. Suas vagens ovais possuem de 4 a 6 sementes que podem ser facilmente dispersadas pela ação dos ventos a qual garante uma reprodução rápida, sua propagação pode ocorrer também por brotação das touceiras roçadas ou arrancadas sem remoção das raízes. Ainda jovens, as plantas desenvolvem raízes vigorosas, tornando-as aptas a dominarem ambientes degradados com rapidez. Sua preferência é por climas mais frios, enquanto jovem é muito sensível à geadas, mas se torna resistente com o passar dos anos, não sobrevive em elevadas altitudes com temperaturas muito altas, muito baixas ou em terras áridas. Seu melhor crescimento acontece em terrenos bem drenados. Portanto a temperatura, bem como o fotoperíodo, são fatores limitantes para sua distribuição o que possibilita seu controle. Dias muito curtos impedem a floração e a formação de touceiras.

Share this:

 
Back To Top
Copyright © 2015 Conceito de Ecologia. Designed by OddThemes