BREAKING NEWS

domingo, 2 de janeiro de 2011

Nariz Eletrônico


Este nariz eletrônico não foi desenvolvido para encontrar drogas, pelo contrário este nariz eletrônico foi projetado para suportar grandes pressões no intuito de ajudar os oceanógrafos a descobrir novos tipos de microorganismos a mais de 2 quilômetros de profundidade nos abismos oceânicos. Desenvolvido pela Universidade de Delaware, nos Estados Unidos, o aparelho trata-se de um sensor químico feito para detectar compostos de enxofre nas chamadas "chaminés submarinas" - os vulcões marinhos que formam um dos ecossistemas mais esquisitos do mundo. As moléculas sulfurosas cuspidas por essas chaminés, como o sulfito de hidrogênio e o monossulfito de ferro, são quentíssimas e tóxicas. Mas servem de pista para localizar bactérias que habitam os vulcões e podem ser úteis na descoberta de novos remédios e alimentos. Muitas dessas moléculas são produto do metabolismo desses micróbios, que sem luz solar, tiram a energia de substâncias inorgânicas presentes nas chaminés.

Share this:

 
Back To Top
Copyright © 2015 Conceito de Ecologia. Designed by OddThemes