BREAKING NEWS

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Mel x Açucar


O mel é um excelente alimento energético e pode facilmente substituir o açucar em algumas ocasiões, porque contém açúcares simples (glicose e frutose), facilmente assimilados pelo organismo, além de minerais, como sódio, potássio e cálcio, e pequenas quantidades de vitaminas. Quando se pensa em substitutos para o açúcar, o mel é o mais indicado por ser mais puro e natural. A cor, o sabor e o cheiro do mel podem variar de acordo com a espécie de flor de onde o néctar foi retirado, geralmente os de cor escura são mais ricos em sais minerais, e os claros têm por característica um sabor mais suave. Na disputa o açúcar é riquíssimo em energia, assim como o mel, mas tem o inconveniente de não conter os outros nutrientes, além disso, o açúcar pode ser obtido na digestão de carboidratos mais complexos, como pães, arroz e batatas, alimentos que liberam açúcar no sangue mais lentamente. Devido a este fator, a utilização de açúcar na alimentação pode ser totalmente dispensável. O mel, apesar dos seus benefícios, tem algumas contra-indicações: não deve ser consumido em excesso, pois resulta numa alta ingestão calórica, e não é indicado para crianças com menos de 1 ano de idade, pois pode estar contaminado com uma bactéria chamada Clostridium botulinum, que pode ser perigosa para os bebês, em função da imaturidade de seu sistema gastrointestinal. Do contrário, use e abuse do mel.

Share this:

 
Back To Top
Copyright © 2015 Conceito de Ecologia. Designed by OddThemes